Tag Archives: mitos do casamento

TRADIÇÕES, MITOS E HISTÓRIAS DE CASAMENTOS

Quando o assunto é casamento, há muitas tradições e misticismos envolvendo esse  momento especial. Histórias também é que não faltam.

As cerimônias surgiram na Roma antiga e os rituais são preservados e mantidos através dos tempos e incorporados aos nossos dias com o compromisso de selar o amor eterno. E além de adotar os simbolismos, as noivas continuam apostando que com eles, o grande dia será especial.

Conheça
 algumas tradições e histórias que marcam o casamento.

VESTIDO BRANCO A tradição do vestido de noiva branco começou no século XIX com casamento da Rainha Vitória e a moda permanece até os dias atuais, sendo que a cor branca simboliza pureza, castidade e inocência.
BUQUÊ Esse acessório significa harmonia e felicidade do casal. Antigamente os arranjos misturavam flores e espinhos, alho, ervas ou grãos, pois acreditavam que afastava os maus espíritos e garantiam um casamento próspero.
VÉU O véu tem um significado especial para a mulher, representando a separação da vida de solteira para entrar em uma nova vida, a de esposa. Em árabe, a palavra véu (hijab) quer dizer, “o que separa duas coisas”.
GRINALDA É símbolo de status e riqueza. Faz com que a noiva se pareça com uma rainha, distinguindo-a do resto dos convidados.
ALIANÇA Ela é o símbolo do casamento e seu formato circular, sem início e sem fim, representa que a união entre casais é eterna.
ANEL DE NOIVADO Um costume americano que já virou moda no Brasil é pedir a mão da noiva em casamento e presenteá-la com um anel solitário de diamante ou outra pedra preciosa. A tradição do diamante é porque é chamada “a pedra de Vênus”, a deusa do amor.
NOIVA DO LADO ESQUERDO DO NOIVO A tradição da noiva se posicionar no lado esquerdo do noivo durante a celebração do casamento remonta à Idade Média. O noivo deveria ficar com o braço direito livre para combater com a espada alguém que tentasse roubar ou atacar a sua noiva. Outras histórias contam que, quando a noiva fica no lado esquerdo, afasta o risco da infidelidade.

USAR ALGUMA COISA NOVA, ALGUMA COISA VELHA, ALGUMA COISA AZUL E ALGUMA COISA EMPRESTADA

Com origem nos Estados Unidos, diz a tradição que no dia do casamento as noivas devem usar alguma coisa velha simbolizando a transição de solteira para casada, algo novo, referindo-se ao futuro da noiva a partir daquele momento, e algo emprestado, de preferência da família para que tenha um casamento feliz e duradouro. O elemento azul é sinônimo de tudo o que há de bom: paz, alegria, fidelidade.

BEIJO Ao longo dos tempos, o primeiro beijo trocado pelo casal no final da cerimônia teve diversos significados. Muitas culturas acreditavam que espíritos eram trocados através da respiração e que as almas dos noivos também eram compartilhadas. Contam ainda que o beijo significava uma homenagem do noivo à família da noiva.
NOMES NA BARRA DO VESTIDO DA NOIVA Essa tradição diz que ter o nome escrito na barra do vestido de noiva de uma amiga ajuda a atrair casamento.
JOGAR O BUQUÊ Esse gesto generoso da noiva significa querer compartilhar a sua felicidade com os convidados. Acredita-se também que a amiga da noiva que pegar o buquê será a próxima a casar.

MARCHA NUPCIAL

A tradição de tocar a marcha nupcial começou em 1991, com o casamento da princesa Victoria da Inglaterra com o príncipe Federico Guillermo de Prusia.

MOEDA NO SAPATO DA NOIVA

Segundo esse antigo costume, a moeda simboliza prosperidade, riqueza e serve também para homenagear a deusa da castidade, Diana.

FLOR NA LAPELA DO NOIVO, PAI E PADRINHOS Tradicionalmente, a flor usada na lapela é um cravo que simboliza o carinho da noiva pelos parentes e amigos mais próximos.
CHUVA DE ARROZ Para os chineses e hindus, o arroz é símbolo de frutificação, prosperidade, fertilidade, saúde, riqueza e felicidade. As pétalas de rosas também são usadas para homenagear os noivos com o mesmo significado.
BOLO A tradição do bolo nas festas de casamento está baseada em várias histórias e lendas. Mas parece que o costume do “bolo da noiva” veio da França onde foram inventados bolos modelados e confeitados que imitavam templos, palácios e animais. Repartir o bolo representa o partilhar de uma vida comum.
BEM CASADO Tradicionalmente feito com pão-de-ló e recheado de doce de leite, simboliza uma doce e eterna união do casal.
AMÊNDOAS De origem árabe e italiana, já é costume no Brasil oferecer amêndoas aos convidados, sempre em números ímpares, simbolizando a sorte e felicidade do casal. Segundo a tradição italiana devem ser oferecidas cinco amêndoas, cada uma com um significado: saúde, riqueza, vida longa, fecundidade e felicidade.
CARREGAR A NOIVA NO COLO Segundo superstições, a noiva atrai azar se entrar no novo lar com o pé esquerdo, assim o noivo carrega a esposa para evitar os maus espíritos e a má sorte.

NOIVO NÃO PODE VER A NOIVA VESTIDA PARA A CERIMÔNIA ANTES DO CASAMENTO

É uma tradição milenar praticada para não dar azar e quebrar o encanto do matrimônio.

LUA DE MEL

A origem da lua de mel baseia-se em várias histórias. Na antiga Roma, os convidados espalhavam gotas de mel na porta de entrada da casa dos recém casados para que tivessem uma vida doce. Entre o povo germânico era costume casar na lua nova e os noivos bebiam uma mistura de água e mel para dar boa sorte. Conta ainda uma lenda antiga que amigos e parentes dos noivos desenhavam uma lua coberta de mel na porta da nova casa para atrair sorte e paixão eterna.

Interessante conhecer o significado das superstições e histórias que fazem parte do casamento, não?

E que as tradições sejam preservadas em nome do amor!

 FOTOS: virgínio santos, divulgação.

 

 


leimagens.
Dicas Especiais - Tags: ,