A TRADIÇÃO DO NOIVADO

Observamos que no mundo moderno o noivado e o casamento passaram por muitas mudanças, mas continuam as tradições e formalidades que envolvem estes rituais ligados ao amor.

O noivado representa a maturidade de um relacionamento e marca a passagem do namoro para o casamento. É um compromisso selado através da troca de alianças e uma fase para a preparação do casamento.

Antigamente, o pai do rapaz deveria pedir a mão da moça para a família dela. Posteriormente, o próprio rapaz fazia o pedido. Atualmente, até mesmo devido às várias situações especiais que envolvem a união de duas pessoas como a presença de filhos, ou um ou ambos serem separados, não existe mais regra e normalmente os casais decidem como vão oficializar o noivado. Pode até não ter pedidos formais, porém o que não muda é a realização da festa de noivado.

Como o noivado é o início de todo sonho de casamento, cada vez mais tem sido comemorado. E o formato da festa vai depender do seu estilo e do seu noivo – através de um grande evento ou uma reunião mais íntima; um jantar requintado ou um almoço ou um churrasco. Vale tudo, da formalidade à descontração. Afinal, o que importa é celebrar junto com as pessoas que gostamos.

Vocês podem até optar por não fazer festa, mas é aconselhável anunciarem o noivado pessoalmente aos familiares e amigos, começando pelos seus pais para que eles não fiquem sabendo por terceiros e possam abençoar esta decisão tão importante na vida de vocês.

Particularmente sou a favor de uma reunião mais íntima para comemorar o noivado, com a presença dos pais, irmãos e parentes e amigos bem próximos. Mas por ser uma festa pequena não implica que não precisa ser planejada e organizada nos mínimos detalhes. Ao contrário, é importante decorar o ambiente para que fique bonito e agradável, pensar na bebida, nos aperitivos e pratos que vai servir, caprichar nos doces, bolo e champanhe, pois brindes em sua felicidade que não vão faltar. Pode até distribuir algumas lembrancinhas aos convidados como recordação da data. Não precisa de exagero, o que conta é o bom gosto dos detalhes!

Tradicionalmente a recepção é feita pela família da noiva, mas hoje em dia vemos que cada vez mais o próprio casal arca com as despesas e organização da festa, já que o mais comum é os dois trabalharem fora. Ou acontece dos pais ajudarem apenas com uma parcela das despesas.

Qualquer que seja a situação é bom ter um prazo de pelo menos dois meses para os preparativos. Não é preciso enviar convites formais, a não ser que queira, sendo que você, seu noivo e os pais de vocês podem convidar pessoalmente ou por telefone. O importante é fazer os convites com mais ou menos duas semanas antes da data da festa.

O grande momento deve acontecer de forma descontraída, mas com todo romantismo que envolve a troca de alianças. Em determinada hora, o noivo vai se dirigir ao seu pai para pedi-la em casamento e pode fazer um breve pronunciamento falando de como vocês se conheceram até a decisão de casarem. É interessante os pais manifestarem a aprovação e abençoarem o noivado e aí sim, vocês vão trocar as alianças valendo até uma declaração de amor em público.

Seguindo a tradição, o noivo pode presentear a noiva com um anel de diamante ou outra pedra preciosa, e a noiva deve retribuir com uma peça de ouro, um relógio, uma boa bebida ou algo significativo para ele. Os convidados e familiares também costumam presentear o casal, normalmente com peças para o enxoval.

Eu acho lindas estas formalidades e me emociono só em imaginar os detalhes!

A decoração da festa de noivado é um trunfo para surpreender seus convidados. Escolha os detalhes de acordo com o estilo que mais condiz com aquilo que você sonha para este dia ser memorável.

Mas aqui vai uma dica importante: planeje uma festa bem diferente da festa de casamento. Por exemplo, outras flores, outra cor, outros docinhos – para não tirar o fator surpresa do grande dia!

E para você que está pensando em ficar noiva ou já marcou a data, eu trouxe algumas idéias para inspirá-la a fazer uma bela festa para anunciar seu noivado.


Decoração marrom e rosa é muito chique. Veja o bolo que lindo. Este é um detalhe que não pode faltar numa festa de noivado.

Se a festa for durante o dia, abuse das cores. Toalhas estampadas são detalhes que fazem a diferença.

Estas mesas são lindas para um jantar formal de noivado. Clássicas com um toque de modernidade.

Detalhes são importantes na arrumação de uma bela mesa.

Bem casado é uma bela lembrança para os convidados. Você pode conferir os detalhes chiquérrimos deste noivado no blog da Lala Rudge e Maria Rudge.

Uma opção muito usada atualmente é fazer a festa de noivado num restaurante. Veja como um ambiente rústico pode ficar lindo com os detalhes da decoração.


Fotos: google imagens, blog da Lala


Compartilhe este post:
Facebook Twitter Digg Delicious Tumblr Plusone Email
Decoração, Festas, Planejamento - Tags: , , ,

ORGANIZADOR DE CASAMENTO

Você que está pensando em casar, ou já decidiu, prepare-se: são muitas emoções, expectativas e uma quantidade enorme de tarefas até chegar o grande dia.
E a lista só vai aumentando porque toda noiva quer investir em detalhes para que o seu casamento seja o mais bonito, ou o mais impactante, ou o mais animado que o do restante da humanidade.

E para colocar o seu sonho em prática, planejando e organizando todos os detalhes, vale contar com a ajuda de um organizador de casamento. São profissionais com experiência que prestam uma importante assessoria, especialmente na fase pré-evento e desempenham múltiplas funções, desde facilitador, consultor financeiro até, às vezes o papel de psicólogo. Isto mesmo, o bom organizador tem que saber ouvir, resolver conflitos, reduzir o nível de estresse e ter muita empatia com os noivos durante toda a fase de preparativos.

O organizador de casamento torna-se essencial para assessorar o casal que não tem tempo/experiência para planejar seu casamento. Além disto, ele ajuda tomar decisões com segurança para que a noite dos sonhos não vire o pesadelo das finanças no futuro.
Seu trabalho pode ou não oferecer os serviços de cerimonial no dia do casamento e suas principais atividades são:
  1. levantamento do perfil dos noivos para identificação do estilo da cerimônia e festa;
  2. criação da personalidade do evento em harmonia com os sonhos e expectativas dos noivos;
  3. indicação de fornecedores adequando serviços e profissionais ao perfil do evento e dos noivos;
  4. assessoria na contratação desses profissionais, assim como análise do orçamento, contrato e formas de pagamento, dentro da realidade financeira e das necessidades pessoais do casal;
  5. acompanhamento dos clientes na visita aos fornecedores para planejamento de todos os detalhes do casamento;
  6. elaboração de planilhas periódicas com detalhamento de custos, para auxiliar no controle do orçamento.

Com certeza você vai querer um organizador de casamento não? Afinal de contas a cerimônia de casamento é um dos momentos mais importantes da vida de um casal e essa ocasião deve ser perfeita em todos os sentidos.

Fotos: google imagens



Compartilhe este post:
Facebook Twitter Digg Delicious Tumblr Plusone Email
Planejamento - Tags: , ,

CASAMENTO – O SONHO E A REALIDADE

Olá!

Muitos apostam que no mundo moderno, tecnológico, o casamento tradicional vai ficar ultrapassado. Não acredito. Acho que a celebração do amor e o sonho do casamento estão cada vez mais presentes na imaginação das pessoas, basta ver quantos casais estão decidindo trocar as alianças. Sim, casar está na moda!

É um universo mágico que me encanta, por isto gosto de falar sobre casamento. Mas por onde começar?

Logicamente pelo começo, não? E o começo de tudo é a decisão dos noivos em oficializar a relação.

Depois de algum tempo de namoro, você e seu companheiro resolvem que chegou o momento de casar e a partir daí você começa a sonhar. Sonhar sim, porque todas nós já imaginamos um dia como será o nosso casamento.

E sonhar é o primeiro passo até chegar à realização do desejo. Imagine o casamento ideal como se você tivesse todo o dinheiro do mundo. Um casamento super tradicional, requintado, com grande festa, ou alternativo, despojado, na igreja, na praia, no campo, ou numa reunião mais íntima, ou informal. Imagine todos os detalhes. Mas não se esqueça de envolver seu noivo para conhecer também os sonhos dele, porque certamente vocês vão precisar chegar a um acordo em vários pontos.

Sonhem juntos com o casamento. Conversem como vocês o imaginam, o que não pode faltar, discutam sobre a data, sobre o estilo da cerimônia.

Uma boa idéia é vocês escreverem todas as suas fantasias, pois a palavra escrita tem a força de dar ordem aos pensamentos e vai ajudar traçar prioridades, focar opções e aterrissar na realidade. Experimente! Você vivenciará momentos únicos que poderá fortalecer ainda mais a união de vocês.

É importante também o envolvimento dos pais principalmente se são eles os responsáveis pelas despesas do casamento. Já viu falar que quem paga a conta tem direito de dar palpite? Pois é, no casamento é a mesma coisa, e são eles os primeiros a ajudarem vocês a adaptarem os planos ao orçamento disponível. Além disto, o casamento dos filhos é também uma realização dos pais e é um momento especial para toda família. Compartilhe com seus pais, irmãos e avós o sonho de vocês.

Entendendo isto, mesmo se vocês tiverem condições de assumir parcial ou totalmente as despesas, não tem como decidirem tudo sozinhos sem dar satisfação a ninguém. Façam valer as opiniões de vocês com jeitinho e transformem o período dos preparativos do casamento em momentos mágicos de muita alegria e felicidade na família e não de discórdia ou disputa.

Essa é a hora de vocês conversarem bastante, serem francos, realistas e fazerem as escolhas de acordo com quanto vocês podem ou querem gastar com o casamento. O mundo do sonho precisa caber no bolso dos noivos e familiares cúmplices.

Quanto mais fora do convencional a sua escolha, mais dispendiosa pode ficar a festa.
O tradicional bolo, champanhe e bombom é sempre uma opção menos custosa.

Uma festa tradicional é sempre
elegante e pode ser organizada dentro de qualquer orçamento

O custo total do casamento vai depender basicamente do tipo de cerimônia e recepção que os noivos pensam em ter. Tradicionalmente, a família da noiva é que arcava com as despesas, mas hoje em dia não existe mais regra. O ideal é que os noivos e seus familiares se reúnam e distribuam as tarefas … e gastos.

Para ajudar, apresento um quadro com a média do que se gasta com cada item na realização de um casamento. Lógico que é apenas uma orientação e foi baseado na experiência com o casamento da minha filha e no guia apresentado por Vera Simão no livro “CASAR – Do planejamento à celebração em grande estilo”. E é claro, os custos variam de uma cidade para outra e dependem também das opções dos noivos.

Buffet
(Incluindo alimentação, bebidas e serviços)
30%
Decoração – Recepção e Igreja
(Incluindo buquê da noiva e demais acessórios de flores)
15%
Música, Som, Iluminação
(Cerimônia e Festa)
12%
Vestido e acessórios da Noiva, damas, pajem, mãe da noiva. Terno e acessórios do Noivo
10%
Fotografia e Filmagem
7%
Aluguel local festa
6%
Bolo, doces e bombons
4%
Convite, cartões e impressos
4%
Lembranças
3%
Diversos e Extras
4%
Organizador de casamento
(cobra uma porcentagem sobre todos os gastos)
E lembrem-se, casamentos e sonhos são muito semelhantes. São acontecimentos únicos, limitados apenas pela realidade de quem os vivencia. Não há certo ou errado, apenas coerência com o que vocês gostam e podem gastar
.

 

Fotos: arquivo pessoal e google imagens.


Compartilhe este post:
Facebook Twitter Digg Delicious Tumblr Plusone Email
Planejamento - Tags: , ,